Art. 428 da CLT - Contrato de aprendizagem

Art. 428. Contrato de aprendizagem é o contrato de trabalho especial, ajustado por escrito e por prazo determinado, em que o empregador se compromete a assegurar ao maior de 14 (quatorze) e menor de 24 (vinte e quatro) anos inscrito em programa de aprendizagem formação técnico-profissional metódica, compatível com o seu desenvolvimento físico, moral e psicológico, e o aprendiz, a executar com zelo e diligência as tarefas necessárias a essa formação. (Redação dada pela Lei nº 11.180, de 2005)

§ 1o A validade do contrato de aprendizagem pressupõe anotação na Carteira de Trabalho e Previdência Social, matrícula e freqüência do aprendiz na escola, caso não haja concluído o ensino médio, e inscrição em programa de aprendizagem desenvolvido sob orientação de entidade qualificada em formação técnico-profissional metódica. (Redação dada pela Lei nº 11.788, de 2008)

§ 2o Ao menor aprendiz, salvo condição mais favorável, será garantido o salário mínimo hora.. (Incluído pela Lei nº 10.097, de 19.12.2000)

§ 3o O contrato de aprendizagem não poderá ser estipulado por mais de 2 (dois) anos, exceto quando se tratar de aprendiz portador de deficiência. (Redação dada pela Lei nº 11.788, de 2008)

§ 4o A formação técnico-profissional a que se refere o caput deste artigo caracteriza-se por atividades teóricas e práticas, metodicamente organizadas em tarefas de complexidade progressiva desenvolvidas no ambiente de trabalho.. (Incluído pela Lei nº 10.097, de 19.12.2000)

§ 5o A idade máxima prevista no caput deste artigo não se aplica a aprendizes portadores de deficiência. (Incluído pela Lei nº 11.180, de 2005)

§ 6o Para os fins do contrato de aprendizagem, a comprovação da escolaridade de aprendiz portador de deficiência mental deve considerar, sobretudo, as habilidades e competências relacionadas com a profissionalização. (Incluído pela Lei nº 11.180, de 2005)

§ 7o Nas localidades onde não houver oferta de ensino médio para o cumprimento do disposto no § 1o deste artigo, a contratação do aprendiz poderá ocorrer sem a freqüência à escola, desde que ele já tenha concluído o ensino fundamental. (Incluído pela Lei nº 11.788, de 2008)

====================================
JURISPRUDÊNCIA RELACIONADA

- OJ nº 26 da SDC do TST

====================================
LEGISLAÇÃO RELACIONADA

- Decreto nº 5.598 - Regulamenta a contratação de aprendizes 

22 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Uma pessoa que seja menor de 18 anos só pode ser registrada como menor aprendiz, recebendo um salário que não pode ser inferior que o minimo, porém só pode trabalhar 6h diarias, e não pode trabalhar em atividades insalubres nem periculosas, o contrato deve ser por tempo determinado que não pode ultrapassar dois anos é isso? então eu posso fazer um contrato de 6 meses prorrogando por mais 6?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É possível sim. Se for deficiente, pode ultrapassar o prazo de dois anos.

      Excluir
  3. Bom dia!!!
    Minha filha tem 15 anos irá completar 16 anos em agosto ela cursa o 2º ano do segundo grau normal ela pode ser contratada como menor aprendiz?

    Att.Rosane Damazzini Godinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim. Pode ser contratada como aprendiz as pessoas entre 14 e 24 anos. Para os portadores de deficiência não há limite máximo de idade.

      Excluir
  4. Olá, menor pode fazer hora extra somente nas condições do art.413 da CLT? E aprendiz só pode fazer hora extra se for maior de 18 anos e estiver completado o ensino fundamental, ou basta ser só maior de 18 anos? Obrigado

    ResponderExcluir
  5. Quais sao os direitos de uma aprendiz quando termina o contrato feito junto com a empresa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todos os direitos dos demais trabalhadores, salvo o direito ao aviso prévio e à multa do FGTS, pois se trata de contrato por prazo determinado que chega ao final.

      Excluir
  6. Um menor 14 anos, que esta cursando 7ª série do 1º Grau e não faz nenhum curso profissionalizante, pode ser registrado numa empresa de atividade de Lanchonete, com a função de Aprendiz de Balconista?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só é possível se o estudante estiver matriculado em um curso do SESI, SESC, SENAI etc.

      Excluir
  7. Obrigado por responder, eu estou com um caso aqui, foi registrado um menor 14 anos como aprendiz, o Sindicato homologou a rescisão sem ter esse contrato de aprendizagem, agora o Ministério do Trabalho desqualificou o registro e não vai liberar seguro desemprego, fora que pode fiscalizar a empresa porque pagou FGTS de 2% pra alguem que não é aprendiz,

    ResponderExcluir
  8. Exatamente. O contrato foi irregular e pode gerar até multa aplicada pelo MTE.

    ResponderExcluir
  9. Temos uma menor aprendiz de 15 anos e queremos efetivá-la, porém, a mesma só completa 16 em março/14. Temos que esperar que ela complete os 16 ou nesse caso, por ser efetivação, não?

    Maria Luiza

    ResponderExcluir
  10. Dr. Cairo a empresa onde trabalho quer contratar um menor de 17 anos, o procedimento seria o mesmo da legislação acima, pois o mesmo nao estuda...

    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode contratar como aprendiz ou não. Se for como aprendiz, tem que estar matriculado no curso.

      Excluir
  11. Qual é tempo minimo de intervalo diário da escola regular para a Instituição Formadora, tratando do Menor Aprendiz?
    Não encontrei este item na CLT.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Segue a regra geral. Se passar de 6 horas, intervalo de uma hora.

      Excluir
  12. O Menor Aprendiz pode ser contratado duas vezes para desenvolver a mesma função em empresas diferentes?

    ResponderExcluir

Antes de fazer sua pergunta, verifique se já não respondida nos demais comentários.